quarta-feira, 29 de abril de 2009

Palhaçada

Rui Costa (dirigente do Benfica), foi castigado por um mês por "lesão da honra e da reputação" do árbitro do encontro entre Benfica e Marítimo, de seu nome também Rui Costa. "Lesão da honra e da reputação", sim, exactamente, leram bem. Todos sabemos que este árbitro tem uma filha da reputação a manter, é irmão de outro génio do apito, o Paulo Costa, que irá terminar a carreira em breve devido à idade (graças a Deus!), deixando as insígnias de internacional ao seu irmão (Deus nos livre!). Sim, o que conseguiu meter os dois golos do Marítimo.

Paulo Bento, esse, chama "nojento", "maricas de m*rda" e outras coisas que podem ler aqui ao árbitro Bruno Paixão. É expulso, mas depois não é castigado. Pedro Silva dirige-se a Lucílio Baptista à peitada e o que acontece? Nada?

Quo vadis, futebol português...

4 comentários:

Joao disse...

eu não sei o que o RUI fez ou disse, mas acho que é aquando dos jogos que ganhamos e somos roubados que os responsáveis do BENFICA devem gritar toda a nossa indignação!

BENFICA SEMPREEE!!!

mariofarm disse...

Já se sabe que contra o BENFICA tudo é permitido no que respeita a cumprir leis, com os outros a lei cumpre-se pouco. É o costume, contra tudo e contra todos.FORÇA BENFICA.

Luís disse...

Benfiquistas
façamos um movimento de subscrição das palavras de rui costa em tudo o que for Internet.
Cito e subscrevo

Homem da Luz disse...

Amigo JNF,

acho que este facto merece um inquérito. Se me dá licença faço uma proposta:

Se o futebol português fosse um objecto, o que seria:

A. Uma tanga
B. Colchão de água
C. O livro "Eu, Carolina"
D. Uma latrina
E. Edição nº1 da revista "Gina"


PS- Mas a mim, estas sacanices só me dão orgulho e força como benfiquista. Só tenho pena que não se deixe o discurso de vitimização com as arbitragens. O nosso discurso como adeptos do Benfica só pode ser um:
Ganhar, nem que seja contra 14 ou 15.

VIVÓ BENFICA