sexta-feira, 24 de julho de 2009

O microcérebro dos jornalistas do Record


Como disse, e bem, o Sigmund numa caixa de comentários do Ndrangheta, acho muito difícil que o Benfica esteja interessado em Keirrisson, avançado que o FC Barcelona acabou de contratar por 14 milhões de euros ao Palmeiras. Basta pensar que neste momento o Benfica tem 6 pontas-de-lança: Nuno Gomes, Cardozo, Saviola, Mantorras, Marcel e Weldon. Para quê mais um?

Para quem sabe como funcionam os jornais espanhóis, a explicação é simples. Em Espanha existem 4 grandes jornais desportivos: Marca, com fortes ligações ao Real Madrid; As, o mais imparcial deles todos; Sport e El Mundo Deportivo, com fortes ligações ao FC Barcelona. O que também toda a gente sabe é que Joan Laporta é um presidente genial, cujo conhecimento do mercado desportivo ultrapassa em larga escala o dos nossos dirigentes.

Posto isto, o que se passou deve ter sido o seguinte: Laporta deve ter feito uma proposta por cerca de 15 M € por Bruno Alves mais Keirrisson por empréstimo, proposta essa que Pinto da Costa recusou. Então, Laporta, sempre atento ao que se passa no mercado, resolveu mandar os jornais com ligações ao Barcelona publicarem a notícia de que Keirrisson era pretendido pelo Benfica, de modo a que as negociações por Bruno Alves fossem aceleradas.

Mas isso só percebemos nós, benfiquistas, cujo QI tem três dígitos. Já o QI dos jornalistas do Record, exceptuando Rui Cartaxana e poucos mais, alcança, já com alguma sorte, dois dígitos.

15 comentários:

Mr. Shankly disse...

O AS, imparcial? É madridista até ao tutano.

JNF disse...

É o mais imparcial dos 4. No entanto, é obviamente madridista.

Quando vou a Espanha, sem ser a Madrid ou Barcelona, os espanhóis compram o AS, porque dizem que consegue ser mais imparcial que os outros.

Kitnoce disse...

Rui Cartaxana, onde anda ele ?

Éter disse...

"Já o QI dos jornalistas do Record, exceptuando Rui Cartaxana e poucos mais, alcança, já com alguma sorte, dois dígitos."

JNF, eles nem sequer têm QI. No máximo dos máximos têm só o "I" de imbecil, e esse é bem alto.

Anónimo disse...

tou precoupado ,pk freddy adu nao esta no estagio ainda?ferias?

aguiaR disse...

as bestas os bois tipo benardo tipo vitor pinto tipo farinha tipo país são a merda são as eguas deste jornsalismo porko que temos em portugal ..
estes jornalistas todos do pasquim reco reco deveriam ser todos dependurados pelos colhões nas torres maiores de portugal para servirem de exemplo ao povo pois são uns FILHOS DE GRANDES PUTAS QUE OS PARIU ..

aguiaR disse...

arrumaram o sr cartaxana ! pois era um jornalista vertical ! não se verga-va aos MAFIOSOS que agora mandam no pasquim...

Anónimo disse...

O Rui Cartaxana morreu hoje... era um dos poucos a tratar dignamente o nosso clube. é de muito mau gosto essa referencia mas tudo bem.

Bruno V. disse...

Morreu esta manhã. Acabou de aparecer a notícia no Record Online. Paz à sua alma. Os melhores vão-se todos. Era um dos poucos a lutar contra a podridão que todos conhecemos. Descanse em paz.

JNF disse...

Nem fazia ideia de que estava doente! Aliás, é só comparar a hora da notícia do Record (15:50) com a data de publicação do post (11:26). Foi um grande jornalista, um exemplo. Paz à sua alma.

sigmund disse...

Os jornalistas do Record acumulam demonstrações de profunda imbecilidade mas, neste caso em especial, nao se trata apenas de burrice. Naquele pasquim houve certamente quem tivesse percebido a jogada, mas o que lhes interessa não é a verdade, apenas o cenário mais conveniente. E o cenário de mais um desvio virtual é-lhes bem mais conveniente do que o facto de se tratar apenas de uma jogada barça/porcos.

O Record, à custa desta linha editorial rasca atingiu o seu auge de popularidade. Mesmo quem sabe o que eles são acaba por ler quanto mais não seja para poder criticar, e eles vão conseguindo o que querem. Agitar, causar sensação. Mas qdo a música mudar (e a música vai mudar) eles vão pagar bem caro.

Bruno V. disse...

Um aparte: sabem-me explicar como é que se processa este torneio de Amesterdão? É que há 4 equipas mas o Benfica não jogará com o Atlético de Madrid nem o Sunderland com o Ajax. Porque razão é assim? não deviam jogar todos contra todos?

JNF disse...

Não faço ideia. Pensei que jogássemos com o Atlético. Mas já vi que não.

Penso que o sistema é 3 pontos por vitória, 1 para empate e 0 para derrota. A estes pontos acrescem os golos marcados. Cada golo vale mais um ponto. Por isso, creio que neste momento levamos 5 pontos.

Bruno V. disse...

Exactamente. Agora não jogarmos com o Atlético nem o Sunderland com o Ajax é que não compreendo mesmo porquê. Supostamente deveriam jogar todos contra todos. Que raio de formato...

sigmund disse...

Estas regras são ridículas. Tentam favorecer o futebol ofensivo, o espectáculo, mas podem desvirtuar completamente a escolha do vencedor.

Teoricamente, uma equipa que tenha uma derrota e um empate pode vencer o torneio, mesmo que outra equipa acabe com duas vitórias. Um exemplo:

Benfica 1 - 0 Sunderland
Ajax 5 - 4 Atletico

Benfica 1 - 0 Ajax
Atletico 5 - 5 Sunderland

Atlético - 10 pontos
Benfica - 8 pontos
Ajax - 8 pontos
Sunderland - 6 pontos

Acho isto ridículo. Mais vale trocarmos o guarda-redes por um avançado.