domingo, 20 de setembro de 2009

"É com este espírito que se fazem os campeões"

Nunca ninguém em Leiria tinha visto um estádio tão bem composto. Os mais de 22.000 que quase lotaram o Municipal de Leiria, na sua maioria benfiquistas, não assistiram a um grande espectáculo de futebol, mas também, frente a uma União de Leiria aguerrida e forte (na minha opinião é a equipa mais forte do campeonato dos pequenos) tal não era necessário. Era preciso sim, vencer, algo que o Benfica fê-lo e tal como disse Jesus no flash-interview da RTP, "é com este espírito que se fazem os campeões".

O Benfica entrou forte no jogo, chegando à vantagem ao quinto minuto de jogo, num livre cobrado por Pablo Aimar, na esquerda, e emendado por Javier Pedro Saviola, com o pé esquerdo, no ar. A partir daqui o Benfica teve sempre bastante dificuldade em soltar-se em campo, fruto da excelente organização leiriense. Quando a bola chegava ao ataque encarnado, notava-se alguma "Aimardependência", fruto da desinspiração (e marcações apertadas) sobre Saviola e Di Maria, para não falar do desenquadramento de Keirrison em relação à equipa e ao futebol europeu. Mas isso é o menos, ele aprende. Grave foi a forma como o Benfica cedeu o empate. Num livre que tinha tudo para ser inofensivo, o posicionamento da equipa "convidou" a formação do Lis a avançar para a área, sendo que o cruzamento tenso de Silas foi desviado por David Luiz, num lance de pura infelicidade.

O Benfica tentou reagir, fazendo-o sempre por Pablo Aimar, eixo de todo o jogo ofensivo do Benfica, mas sem grande sucesso. A União esteve mais perigosa apesar de ter menos bola, criando ainda antes do intervalo uma clara oportunidade de golo, por Carlão, que rematou ao lado do poste esquerdo da baliza de Quim. Intervalo precisava-se para esclarecer ideias e para ouvir o que Jesus tinha para dizer.

No recomeço da partida, o Benfica voltou a tentar ganhar o meio-campo, conseguindo-o, permitindo apenas à União alguns contra-ataques, bastante perigosos devido à velocidade do recém entrado Kabala. Outros foram bem anulados pelo fiscal-de-linha. Jesus demorou, mas quando mexeu nas peças do onzes, mexeu bem: retirou Keirrison e Ramires, tocado, para colocar Cardozo e Nuno Gomes, dando nova mobilidade ao ataque. No último quarto de hora, o lance que mudou o jogo. Aimar realiza uma tabelinha com Nuno Gomes e é ceifado por um Tall caceteiro de Leiria. Grande penalidade óbvia, menos para os jornalistas da RTP e alguns energúmenos que aqui vêm comentar (mas cujos comentários não chegam a ver a luz do dia). Cardozo, de pé esquerdo, num relvado mal tratado, rematou forte e rasteiro, marcando o golo da vitória, com alguma sorte à mistura.

A partir daí o Benfica, ao contrário do que vinha acontecendo nas últimas temporadas, soube dominar o jogo, não se remetendo por inteiro à defesa, controlando o jogo a meio-campo. Nuno Gomes ainda teve uma oportunidade para matar o jogo, mas a intervenção final foi, com grande classe, diga-se, de Quim, ao defender um cruzamento-remate traiçoeiro de Ronny para canto. Pouco depois terminava no Lis o jogo que isolava o Benfica no segundo lugar, em perseguição ao fugitivo Sporting de Braga, que ganhou nesta jornada ao Porto.

Antevê-se agora uma fase menos difícil no calendário encarnado, com recepção ao Leixões e ida a Paços de Ferreira, mas relembro que foi precisamente nos momentos ditos mais fáceis que o Benfica de Quique Flores baqueou na época passada, quando seguia em primeiro, fruto de derrota na Trofa e empate em Belém, equipas que viriam a descer (bom, o Belenenses, mais ou menos, é como vocês sabem...).

P.S. Uma palavra para a União de Leiria, que bem merece: vão fazer um bom campeonato. Ali há qualidade que Manuel Fernandes pode aproveitar muito bem. Vão ser, certamente, dos primeiros no campeonato dos pequenos, podendo entrar mesmo na primeira metade da tabela.

12 comentários:

Anónimo disse...

o Benfica como alertei nao iria fazer um jogo vistoso e nao o fez mais devido ao facto do Leiria surpreendentemente ser uma equipa bem montada e organizada. sabe-se fechar bem e sabe pausar o jogo, e logo impediu o Benfica de acelerar o ritmo.

MEUS AMIGOS NAO SE DEIXEM ILUDIR. O BENFICA NAO FOI BENEFICIADO NEM PREJUDICADO.

o penaltie do nosso BENFICA é duvidoso tal como houve um ou outro fora de jogo perigoso a favor do Leiria mas:

- a falta que dá origem ao golo do Leiria é para mim inexistente. o carlao deixa-se cair devido á pressao de 2/3 jogadores do Benfica.

- o extremo direito do burkina faso poderia ter visto o segundo amarelo.

- há uma falta clarissima sobre aimar que daria um livre frontal directo

quanto ao jogo, os elos mais fracos do Benfica foram:

DAVID LUIZ, RUBEN AMORIM E KEIRRISON

o melhor em campo do BENFICA: AIMAR

o segundo melhor: QUIM (excelente defesa na primeira parte e excelente defesa no ultimo minuto).

VIVA O BENFICA.

Rosmano disse...

Este jogo foi extremamente complicado! Fartei-me de dar voltas no sofa e berrar para a TV...

O Leiria tem uma equipa muitissimo bem montada. Apesar de terem jogado com o autocarro a frente da baliza nunca desistiram de tentar fazer golo.

Desta vez o Jorge Sousa nao foi o ladrao do costume.

Quanto ao Benfica, na minha opiniao notou-se muito um certo cansaco na equipa derivado do jogo com o BATE. O SLB so deveria ter jogado amanha como o SCP vai fazer!

O Ramires e o Maxi estavam estourados e a asa direita ressentiu-se muito, e o Di Maria esteve bastante trapalhao e tomou algumas deccisoes mas. O David Luiz tem que melhorar a coordenacao com o Quim. Ja o golo do setubal surgiu de um desentendimento entre os dois, embora desta vez a culpa no golo do Leiria va inteiramente para o David Luiz pois o Quim estava bem posicionado para receber a bola.
O Keirrison foi uma nulidade, ele tem que comecar a mostrar mais pois oportunidades para tal nao lhe tem faltado.

Numa nota positiva, a exibicao de Aimar, Saviola (ainda bem que descansaram) e Garcia. Estiveram fantasticos.

Daniel disse...

Que grande ambiente!! Mais de 20.000!! Só o Benfica!!

É em jogos destes que se ganham os campeonatos.

O apitador como não viu o Benfica de encarnado lá apitou o penalty.

http://eusouomagnusson.blogspot.com

Juca disse...

"grande penalidade obvia"

lol

pá eu tambem sou benfiquista, mas a escrever assim perdes a credibilidade toda.. se é que tens alguma

Anónimo disse...

penalty não existe...ser ter o mesmo patrocínio que o campeonato dá jeito..

redjan disse...

Estivémos lá... o Núcleo SLB / TAP.. e foi ENORME NOITE !!!

Anónimo disse...

grande penalidade mal assinalada..

Teresinha disse...

ANÓNIMOS E JUCA, DEVEM TER VISTO O JOGO ERRADO!EU ESTIVE LÁ E QUALQUER PESSOA QUE NÃO SEJA CEGA E PERCEBA MINIMAMENTE DE FUTEBOL VÊ QUE FOI PENALTY! DOR DE COTOVELO É TRAMADA!!!

R 49699 disse...

Sim, ninguém é Campeão com 30 goleadas e muito menos com 30 grandes exibições!!
Nem o Barcelona no ano passado o conseguiu, antes mesmo de vir golear os pobres do lado de lá estava com o Guardiola preso por arames!!!

oibaf disse...

Eu fico incrédulo com os Homo-Sapiens labregos que andam cá em Portugal a dar opiniões destas...enfim

Eman disse...

Vamos provar que somos o maior clube do mundo, basta registar aqui
http://www.1millionfans.com/

Eman disse...

Vamos provar que somos o maior clube do mundo, basta registar aqui
http://www.1millionfans.com/