sábado, 31 de julho de 2010

Seis é bom, sete não será demais?

Óscar Cardozo, Javier Saviola, Alan Kardec, Franco Jara, Nuno Gomes e Weldon. Mantorras não conta, para Jorge Jesus, ao angolano não existe. No entanto são seis os avançados que o Benfica tem. Avançados de área! Seis! Não me lembro de tanta fartura no ataque. Há uns anos tínhamos Nuno Gomes, Sokota e Mantorras, depois, Nuno Gomes, Karadas, Mantorras e Delibasic, e ainda a seguir Nuno Gomes, Mantorras, Kikin e Miccoli. Nunca mais de quatro pontas-de-lança, hoje são seis, a caminho de sete.

Rodrigo vai ser, ao que tudo indica, jogador do Benfica para esta época. Não conheço o jogador suficientemente bem para tecer comentários sobre a sua qualidade, mas também não é sobre isso que este post versa.

Obviamente que prefiro ter sete avançados a quatro, no caso de ocorrer alguma eventualidade temos cobertura, mas não será demais este número? Dado que Cardozo é "o" ponta-de-lança base e Saviola o seu apoio, estes dois deverão fazer a época nacional e as provas europeias, sendo ocasionalmente substituídos por, em princípio, Jara e Kardec. Depois sobram outros quatro (Kardec, Jara, Nuno Gomes e Weldon) para lutarem pela titularidade nas Taças. Isto, a meu ver, chega e sobra. Não percebo qual é a razão para gastar seis milhões de euros num avançado que, mesmo podendo ser bom, não vai entrar de caras no onze, provavelmente nem no banco se vai sentar e que vai acabar por tapar um talento da formação chamado Nélson Oliveira.

Não encontro grandes perspectivas de vendas no futuro, ou seja, não me parece que nenhum dos nossos avançados vá sair nesta ou mesmo na próxima época. E se calhar Nuno Gomes ainda joga a próxima época, até porque o próprio nunca escondeu que, apesar de ser seu desejo acabar a carreira de águia ao peito, quer ainda jogar e sente-se em forma para tal. Por isso, qual é o interesse em gastar seis milhões de euros no "enésimo" ponta-de-lança? Se calhar era mais útil contratar um defesa-direito que fizesse concorrência a Maxi, ou um médio esquerdo, não?

15 comentários:

VHugo disse...

Os jogadores nunca são demais, até porque este ano parece que vão haver mais túneis e sumaríssimos...por isso temos de ter quantidade.

Mas concordo a 100% com as tuas 3 últimas linhas!


www.forcamagicosb.blogspot.com

Vermelhusco disse...

Vendo o JJ apostar no 4-3-3 nesta pre-epoca acredito que foi buscar mais avancados para usar este esquema tactico em alguns jogos e dar mais opcoes tacticas na maneira como atacar os jogos.

Infelizmente acho que vamos ter que levar com o Luis Filipe como suplente do Maxi, ou entao com Ruben Amorim.

Quanto ao extremo esquerdo, acho que ainda precisamos de um embora o Coentrao possa jogar ai.

Mentiroso disse...

Confirmou-se aquilo que todos nós já prevíamos. Rodrigo é o mais recente reforço do Benfica, custa seis milhões e o Real Madrid incluiu no negócio uma cláusula de recompra, de valor próximo dos 14/15 milhões.

Em termos práticos há duas hipóteses: ou o jogador mostra qualidade e dentro de dois anos o Real vem buscá-lo pelos mesmos 14/15 milhões, ou é apenas mais um (grande) barrete e o que nos resta é pagar-lhe o vencimento até ao final do contrato e tentar encontrar um clube que aceite receber o jogador por empréstimo.

Vi dois jogos de Rodrigo no recente europeu sub-19. Pareceu-me um jogador banal, dos mais fracos da selecção espanhola, em termos comparativos com algumas semelhanças a Nelson Oliveira mas não mais do que isso. Se ficar no plantel (o que eu duvido) será certamente a sétima opção de Jesus para o ataque.

Mentiroso disse...

"Se calhar era mais útil contratar um defesa-direito que fizesse concorrência a Maxi, ou um médio esquerdo, não?"


Subscrevo na íntegra.

JNF disse...

Aliás, eu até prefiro que o Benfica compre um defesa-esquerdo. Gostava muito mais de ver o Coentrão como médio.

JediVermelho disse...

Eu prefiro um extremo. Creio que o Coentrão na actual posição consegue render mais. Veremos o que acontece... N consigo é concordar com a vinda deste Rodrigo. Nem perceber...

John Billy #32 disse...

Para mim, é uma contratação completamente disparatada.
1º Pela sua necessidade: Com seis avançados no plantel, quantos minutos jogará esse Rodrigo? Só se o Jesus pensa implantar um 4-1-5.
2º Pelo valor: 6 milhões só se pode dar por um jogador que entra de caras no onze titular. Não somos o Real, o Barça ou o Chelsea. Além disso 6 milhões por um puto que nunca jogou numa primeira divisão?
O Khedira, titular da selecção alemã, custou entre 10 e 12 milhões. O Rui Costa foi vendido por isso a Fiorentina!
Será que ninguém tem noção do dinheiro no Benfica?

Anónimo disse...

Segundo sei, o Rodrigo é bastante versátil. Não é um ponta-de-lança fixo. É mais um avançado móvel que pode jogar atrás de um fixo ou encostado à esquerda (que me parece que vai ser onde vai jogar).

Abraço,
Ziggy_Shankar

Bimbosfera disse...

Boas. Cheira-me que se pensarmos em 2 jogadores por posição, daquilo que o Jesus ontem mostrou, ou melhor, falou, ele disse após o jogo que o sistema que jogamos agora é diferente, e que não explica como joga, e cheira-me que é uma espécie de tridente ofensivo, sem ser o 4x3x3 habitual, em que 2 dos 3 da frente são normalmente extremos, e cheira-me que o Jesus quer por esses 3 a fintar uma equipa numa toalha de praia, ou seja, quer por 3 jogadores a montar um mini-carrocel na parte da frente da equipa, apoiados por 3 médios, mais defensivos, em que os três da frente fazem miséria... Creio que vamos ter surpresas nisso. Além do mais, cheira-me que este, e falo "de cor", pois não conheço, será para alternativa ao Gaitan na extrema esquerda, mesmo como extremo, mas vamos ver!
Quanto a alternativas aos laterais, também concordo que devêssemos ter, além disso, ao que parece, o puto do lado direito, que está emprestado no Brasil, que veio com o Shaffer, o Patric, esteve a ser falado para ser convocado nesta nova leva de jogadores que onde o David Luiz foi chamado. Li isso agora há dias, o puto pode estar a crescer... Vamos ver! Há que ter fé em Jesus! Se acreditamos até aqui, vamos acreditar mais um pouco, pode ser?

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Bimbosfera.blogspot.com

Pedro disse...

concordo com muito do q dizem. 6 milhões é muito por um jogador destes q não apresenta nada em termos de carreira q suporte tal custo.

Mas não acham q se Jesus quisesse assim tanto alternativas para as laterais já não as teríamos? Desde o ano passado q os adeptos falam nisso mas até agora nada e duvido q se Jesus não quisesse já não teríamos contratado jogadores para as laterais.

Algarviu disse...

O negócio do Di Maria tanto dá para dos 25 milhões se chegar aos 36 como para dos 25 milhões se chegar ao quase de borla...

Mentiroso disse...

Esta leitura do Algarviu é simplesmente brilhante.

Ccabau disse...

Fala-se muito de negócios e cada um dá a sua opinião...
Só que, a ver pelas negociatas anteriores de LFV, ninguém nunca saberá a verdade e assim as opiniões não passam de divagações no escuro... Por acaso já se esqueceram desse negócio da China, aliás do outro mundo pois ainda não ninguém lhe viu a concretização, da venda de Simão? Onde estão os tais DOIS JOGADORES a que temos direito?
É bom que nos lembremos e lembremos LFV que os sócios não se esquecem e exigem a verdade e cumprimento das clausulas e promessas!
Parece que o homem deu "água do cu lavado" aos sócios que tudo aceitam e até branqueiam...
Tanta cegueira até enoja...

Mr. Shankly disse...

"O Khedira, titular da selecção alemã, custou entre 10 e 12 milhões. O Rui Costa foi vendido por isso a Fiorentina!
Será que ninguém tem noção do dinheiro no Benfica?"

Já agora, seria interessante e honesto comparar o que custou o Eusébio e o que custou o Eder Luiz. Porque são situações comparáveis evidentemente.

Posto isto, também não concordo com este negócio. Mas o ano passado escrevi que se tinha esgotado o crédito da actual direcção desportiva quando veio o Javi e não exercemos o direito pelo Reyes. E o resto é história...
Aprendi a dar tempo ao tempo. Jesus tem-se enganado pouco.
E vamos lá: o Rodrigo não é um desconhecido. Marcou um golo na final do Europeu, não foi? Titular na rojita, vice campeã da europa...
É evidente que não jogou no Madrid, mas qual é o puto de 19 anos que jogava neste Madrid que tinha Ronaldo, Raul, Kaka, Van NIstelrooy, Benzema, Higuain?

antonioSLB disse...

Rodrigo não é extremo, joga como ponta de lança, na selecção espanhola de sub 19 era o jogador mais adiantado, embora venha atrás receber a bola. É uma espécie de Cardozo, embora não tão alto, mais móvel, mais rápido e mais técnico, com um belo pé esquerdo. É grande jogador, não acredito que se imponha no 1º ano, se tal viesse a acontecer daria mais de 100% de lucro em 12 meses. Se não for exercido o direito de compra pelo valor acordado, depois disso valerá seguramente mais.