segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Ainda há tempo para Leandro Pimenta

Há jogadores cujas carreiras são destruídas por passagens pelas equipas B. Outros há que as relançam. As recentes exibições de Leandro Pimenta ao serviço do Benfica B têm dado um novo fôlego à carreira do promissor atleta que em 2008 foi aposta de Rui Costa e assinou contrato profissional pelo Benfica.

Na formação, Pimenta destacou-se no miolo do terreno pelo toque de bola invulgarmente bom num jogador da sua idade, conseguindo organizar jogo, temporizar e lançar o ataque com passes pelo solo ou pelo ar. Tinha uma maturidade de jogo rarmente vista em miúdos de 18 e 19 anos.

Esperava um salto qualitativo mais rápido para a qualidade que evidenciava. Finda a carreira de junior, foi emprestado ao Beira-Mar, equipa de qualidade na II Liga e que acabou por subir, mas só somou alguns minutos com regularidade no final da temporada. Talvez o passo tivesse sido maior que a perna. Foi emprestado na época seguinte ao modesto Fátima, outra vez na II Liga, mas nem aí se afirmou, conseguindo apenas uma titularidade e algumas entradas no final da época, descendo de divisão. Duas temporadas perdidas na Vitalis. Mas à terceira foi de vez. No Atlético foi titular em 26 dos 30 jogos da Orangina, tendo sido pedra importante na formação orientada por João de Deus, primeiro, e Paulo Pedro, depois, enquanto médio centro, médio esquerdo e até defesa esquerdo.

Três anos depois de ter saído da formação, e do pouco que vi de Pimenta ao serviço do Benfica B, as características técnicas e tácticas, nomeadamente o toque de bola, o passe, a ocupação do espaço e a leitura de jogo, mantêm-se em grande nível. É uma espécie de "6" que poderia ser "10". Joga mais recuado no terreno e tem uma técnica assinalável, tal como sucede com Pirlo ou Veloso, salvaguardando as devidas diferenças, sobretudo de qualidade actual. Mas é fisicamente que se nota a maior diferença: muito mais corpulento, fortíssimo, com um físico de impôr respeito. Não sendo actualmente uma alternativa credível a Javi, Pimenta tem características com bola que permitem pausar e oferecer soluções de jogo muito interessantes num sistema e estilo de jogo diferentes dos que o Benfica actualmente pratica.

Este menino será, se quiser e se apostarem nele, um grande jogador. Jorge Jesus, que se vangloria de potenciar jogadores e que agora até afirma que quer pegar em atletas da equipa B e desenvolvê-los como futebolistas (tendo nomeado André Almeida e André Gomes como substitutos de Javi, esquecendo-se inexplicavelmente de Pimenta), pode arregaçar as mangas e fazer de Leandro Pimenta um dos próximos médios de eleição em Portugal.

17 comentários:

Anónimo disse...

"Mas é fisicamente que se nota a maior diferença: muito mais corpulento, fortíssimo, com um físico de impôr respeito." ... 1,79 e 73 kg? A mim não impões respeito nenhum!

POC disse...

E dizer que André Gomes é substituto de Javi...enfim.

Força Pimenta. E força equipa B, com a qual mais me identifico. Nem que seja porque se esforçam.

NSC disse...

Par acaso, ainda nos juniores, preferia-o ao David Simão e hoje, pelos jogos da B que tenho visto, acho que, apesar de discreto, é o jogador mais sólido e esclarecido do meio campo.

Creio que seria um jogador que se iria integrar de forma mais rápida no plantel principal do que os dois Andrés ou até do que o Miguel Rosa.

hertz disse...

Por acaso o Leandro Pimenta tem feito bons jogos no Benfica B e ontem frente ao Aris voltou a fazer uma exibição bastante interessante.
É um jogador com potencial e se acreditarem e apostarem nele, certamente que terá um bom futuro.
Em relação ao JJ falar nos Andrés para o lugar do Javi, só espero é que ele desista da ideia de pôr o André Gomes a trinco pois ele pode render muito mais noutra posição do meio-campo.

JNF disse...

Para já, ninguém me garante que esses dados de peso e altura do jogador estejam correctos. E mesmo que estejam, o anónimo que fez o comentário, ao questionar a compleição de Pimenta, só prova que ainda não viu um único jogo da equipa B.

JNF disse...

O Pimenta era o meu jogador favorito daquela equipa geração de 90. O David Simão era o artista, o Nélson o goleador, mas era o Pimenta que mais se destacava a meu ver pela consistência e maturidade de jogo, raras vezes vistas naquele escalão. Vejo-o na equipa principal a curto prazo. E se Jesus fala mesmo a sério quando diz que pode jogar com o André a trinco, então concluo que JJ faz como o anónimo do primeiro comentário: não v|e os jogos da equipa B.

Anónimo disse...

Para baralhar um bocadinho:

Porque não comprar ao amigo Salvador o Custódio?

GNR

Anónimo disse...

não vi nenhum jogo do leandro pimenta enquanto junior por isso não posso comentar a diferença/evolução

mas a verdade é que não me entusiasma muito, tal como andré almeida. por isso, o substituto do javi terá mesmo de ser o matic ou então uma adaptação.. veremos! além disso tenho a sensação que o unico trinco de raiz da equipa b é um miudo guineense, penso que se chama luciano. tanto o andre almeida como o leandro pimenta parecem-me ser adaptações. no caso do andre almeida não consigo perceber se é defesa direito, trinco, médio centro ou medio direito.

pelo contrário, miguel rosa e andré gomes enchem-me completamente as medidas.

sobre o primeiro nada há a dizer. inexplicávelmente nunca é falado como um dos melhores da sua geração (quem será o seu empresário?), inexplicavelmente nunca teve uma unica oportunidade na equipa principal mesmo tendo sido extremamente bem sucedido nos seus empréstimos (algo muito dificil como é explicado neste post) e inexplicavelmente não faz parte do plantel principal, sendo, na minha opiniao, em todos os jogos que vi (não vi todos, mas mais de metade) sempre o melhor jogador do benfica b, seja como médio centro ou como ala. digo até que o miguel rosa está "a mais" na equipa b, porque é claramente um jogador feito, com qualidade para ser titular em 80% das equipas da primeira liga e com qualidade para jogar no plantel principal do slb e ser alternativa credivel. chego a ter pena de o ver outra vez na segunda divisão quando poderia estar a evoluir na 1ª liga.

andré gomes é talvez o mais talentoso da equipa b. um médio centro extremamente talentoso, que me parece jogar na mesma posição de witsel e carlos martins e que poderia muito bem começar a ser lançado por jesus.

veremos o que acontece.

JNF disse...

GNR,

porque não é avançado.

Joga Bonito disse...

O Leo Pimenta é o gajo que nas férias de há 1 e há 2 anos atrás, no Verão, corria o areal de Albufeira (terra natal) com pesos nas pernas para ganhar potencia muscular.

Não ligar ao peso, o homem é seco que dói e fortíssimo fisicamente.

E é, para mim um cracalhão. Jogador de clube grande, de equipa que assume o jogo, daí ter tido dificuldades, a meu ver, de se impor. Porquê ? Porque privilegia a inteligência à correria desenfreada. Como médio defensivo pode não recuperar muitas bolas, mas ocupa o espaço que leva o adversário a levar a bola para o pior sítio permitindo a um colega a recuperação. Não é cão de caça, mas ocupa os espaços muito bem. Com o pé esquerdo, tem muito critério, seja com a bola corrida, seja de bola parada.

B Cool disse...

Em meu entender o Jesus falou no André Gomes porque ele se destaca pelo físico. Dos 3 ou 4 jogos que vi do Leandro Pimenta pareceu-me um jogador interessante.

JNF, que dizes da despromoção de Kardec à equipa B ? A ser verdade a inclusão de Kardec, Sidnei e Jardel (este penso que por estratégia para lhe dar ritmo de jogo prevenindo eventuais suspensões) não estaremos a desvirtuar a equipa B e a matar a possibilidade de crescimento de jogadores com a utilização de jogadores já feitos, sem grende margem de progressão e que por um motivo ou por outro não têm futuro no Benfica ? Não faria mais sentido pôr Ola John na equipa B do que Kardec ou Sidnei ?

Concordo inteiramente com o que disse o anónimo, o Miguel Rosa está "a mais" na equipa B pois é claramente jogador para a equipa principal, mas Jesus não gosta dele.

Não falando do futuro, porque os jogadores evoluem de formas diferentes, Miguel Rosa hoje em dia é muito mais jogador que o João dos Gelados.

Anónimo disse...

...desculpem o offtopic, mas preciso de desabafar!
CADA DIA QUE PASSA SEM APARECER OPOSIÇÃO A LFV EM OUTUBRO...É UM DIA A MENOS PARA A ÚNICA NOTÍCIA QUE QUERO OUVIR!

estamos condenados!

Aquele que lê disse...

E que tal mandar o JJ para a equipa B ?

Anónimo disse...

nao tava a espera de tamanha ingenuidade deste blog (principalmente porque considero o melhor). por amor de deus, no benfica so se da oportunidades quem tiver um empresario com suficiente influencia nos dirigentes, e esses normalmente preferem os jogadores sul-americanos porque sao os mais baratos (desde logo por serem mais baratos, mas, principalemnte, por ninguem conhecer o seu valor, sendo mais facil dissimular os negocios). o benfica e o abono de familia para muita gente ligada ao futebol..

Hattori Hanzo disse...

Dos jogos que eu vi da equipa B também me pareceu que de todos os jogadores o Leandro é o que poderá fazer melhor a posição de trinco (mais que os Andrés... o Gomes então não tem características na minha opinião para essa posição). E embora o Leandro não seja muito alto (não o é de todo)é muito bem constituído(quando eu o vi pela primeira vez esta temporada quase não o reconhecia tamanha a evolução...o o Joga pelos vistos tem a explicação).

Mudando de assunto, concordo com o BCool: as entradas de jogadores da equipa principal na equipa B desvirtuam a competição. Fui ao Estádio no Benfica- Belenenses e notou-se e muito a importância dos jogadores que tinham experiência de 1ª Divisão (os dois centrais.. mas também o André Almeida e até o Elvis quando entrou).

EPluribusUnum disse...

É um do grupo que vai evoluindo na equipa B, na verdadeira acepção da palavra, que poderá no futuro jogar no plantel principal. Ele, os Andrés e o Rosa num futuro bem próximo podem dar o salto. Com as saídas no meio-campo e a debilidade de alguns elementos que ficarão, estes, principalmente deverão ter oportunidades nas várias competições em que estamos inseridos, Champions League incluída, exceptuando o Leandro, que saiba-se lá porquê, não foi inscrito, quando poderia perfeitamente ter ocupado o último lugar de jogadores formados no clube.

EPluribusUnum disse...

Com as saídas no meio-campo e a debilidade de alguns elementos que (ficarão) ficaram, só agora reparei no erro