domingo, 13 de janeiro de 2013

Oh Jorge, os Benfiquistas não comem gelados com a testa, ouviste?

Mais um clássico, mais uma não-vitória frente ao FC Porto. Um apanágio do Benfica nos últimos 20 anos, que conheceu um novo significado com a chegada de Jorge Jesus, ou não fosse este o treinador com os melhores plantéis à sua disposição nestas últimas duas décadas.

Começando pelo princípio: o onze titular era o esperado (e era o melhor, quanto a mim, para a táctica predilecta de JJ), mas do outro lado estava um 4-3-3 do mais consistente que há (infelizmente) na Europa. Só um louco não pode reconhecer qualidade naquele trio do meio-campo portista. Contudo, o 4-4-2 de Jorge Jesus, devoto ao futebol de ataque, não conseguiu criar vantagem numérica no ataque... Nem na defesa. Incrível a quantidade de vezes que os jogadores do FC Porto apareciam no último terço do campo em vantagem numérica. Incrível também O que é que se anda a treinar durante a semana?

Mais: inacreditável a quantidade de vezes que sofremos golos de bola parada do FC Porto e ainda mais inacreditável a inabilidade de criarmos perigo quando beneficiamos de cantos ou livres perto da área adversária.

Apontamos a reter:

Minuto 58 - o momento em que Jorge Jesus abdica de vencer o encontro. Se com Enzo o meio-campo já não era nosso, com a sua saída e posterior entrada de Carlos Martins conseguiu acabar com quaisquer probabilidades de vencermos o encontro. Depois desde fatídico minuto, ainda entrou Aimar que não veio trazer nada à equipa, para além de uma primorosa assistência para Cardozo desperdiçar.

Artur - Uma coisa é frangar num remate traiçoeiro, em que a bola passa por baixo do nosso corpo ou não a conseguimos agarrar bem. São azares do momento. Outra coisa, perfeitamente imbecil, é ter a bola no pé, controlada e fazer merda duas vezes em dois segundos, dando um golo de bandeja ao adversário! Mas que é esta merda? Foda-se. Por mim ficava no banco no próximo jogo. Isto não é para dormir à sombra da bananeira.

Melgarejo - Esforçado, mas continua a ser insuficiente. Por um lado aprendeu a defender bem; por outro, desaprendeu a atacar. Para um jogador que era extremo/avançado, é inaceitável tanta inoperância na manobra ofensiva da equipa.

Salvio - Horrível. Lamentável, aliás. Está a passar por um grave processo de Capelização, há várias semanas. Está na hora de inverter este cenário.

Enzo - Grande jogo. Juntamente com Matic foi conseguindo disfarçar a vantagem que o Porto sempre teve a meio campo. Levou amarelo e JJ substituiu-o por Carlos Martins. O Benfica nunca mais endireitou. A não convocatória de André Gomes foi mais que um erro, foi negligência (a não ser que esteja lesionado, mas o Benfica não publicou nada no boletim clínico). Quando, por força das circunstâncias, foi preciso tirar o Enzo, meteu-se... Carlos Martins. Diferença? Não cobre nem um terço da área que Enzo e o André conseguem cobrir.

Matic -  Fantástico. Não só pelo soberbo golo, mas pela entrega, pela atitude, pela frieza... Pela capacidade de jogar à Benfica.

Arbitragem - Não vou comentar a arbitragem, apesar de ter perdoado a expulsão a Moutinho e a Matic. Maxi também se pôs a jeito.

Estádio da Luz - Talismã... Para o FC Porto. Com um estádio onde conseguem controlar jogo após jogo, marcando sempre golos, para que precisam do Dragão? Enquanto benfiquista, sinto-me humilhado por ver o  Benfica a ser constantemente subjugado a este FC Porto.

É certo que isto são palavras escritas muito a quente, com o amargo do empate, mas não significa que não se tenha o discernimento para ver a maior parte das coisas bem. E, como disse Vitor Pereira no final do jogo, «vi um Porto personalizado e o Benfica, o grande Benfica, a bater bolas para a frente».

Por outro lado, as palavras de Jorge Jesus mostram bem de que fibra é feito este homem: «o empate não beneficia nenhuma das equipas». A cagança de um senhor que não faz a menor ideia do que é uma postura à Benfica.

Por isso te digo, Jorge, que nós, benfiquistas, não andamos a comer gelados com a testa. Não somos uns dementes que acreditam nas tuas balelas de que nada se decidiu neste jogo, de que ninguém fica satisfeito, de que só por azar não ganhámos, e mais não sei quê e tal que desculpe a tua incompetência gritante. Hoje era o dia para começar a carburar fundo rumo ao título. Hoje era o dia em que enfrentámos um Porto sem o seu melhor jogador e sem o seu melhor defesa. Hoje era o dia em que nada tínhamos a temer. Hoje foi apenas o dia em que, sem espanto, borraste novamente a cueca.

E, como já referi, não andamos todos a comer gelados com a testa, e sabemos perfeitamente do que a casa gasta, já sabemos de como irá ser daqui para a frente. Esperem só até o Porto ganhar o seu jogo em falta para o campeonato e vamos ver como corre o resto da época.

31 comentários:

Anónimo disse...

Que LOL de post!

Parece me que quem anda a comer gelados com a testa é o seu autor.

Conteudo completamente descabido e manipulado para defender o seu ponto de vista fraco

A qualidade está a decair a cada dia... É pena.

Anónimo disse...

que post tão ridiculo, absurdo e patético.

começa a tentar escrever verdades pá.

CAP CRÉUS disse...

Não ponhas as coisas assim, pá. Acho exagerado o que aqui escreveste.
E não rebentas com a merda das palavras do esterco do treinador deles?
Relaxa man!

Anónimo disse...

Este blog já foi muito bom. Deixou de ser e acaba de perder um leitor assíduo. Críticas completamente descabidas!!! Queres um gelado? Enfia-o na testa...

Anónimo disse...

Este blog já foi muito bom. Deixou de ser e acaba de perder um leitor assíduo. Críticas completamente descabidas!!! Queres um gelado? Enfia-o na testa...

Daniel Martins disse...

Foda-se, depois de ver tanto conformismo dos benfiquistas por essa blogosfera fora finalmente leio um post de alguém que viu o mesmo jogo que eu. Só não acho que o Enzo tenha feito um jogo assim tão bom, quanto ao resto concordo absolutamente com tudo. Gostei do jogo de sacrifício do Lima, trabalhou muito para a equipa.

A nossa sorte foi o Vitinho ter ficado satisfeito com o empate e os tripeiros terem desacelerado na 2a parte. Levamos um enorme banho táctico do Porto e continuamos a alugar o nosso meio-campo de cada vez que apanhamos uma equipa que saiba jogar um bocadinho à bola. E este problema do meio-campo já dura há 3 anos! Dá mesmo vontade de perguntar: que raio andam eles a treinar durante a semana?

Enfim, salvou-se a exibição do Matic e a resposta do Vieira ao Padrinho. Nem tudo foi mau...

hertz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

O Jasus que volte para escola....

ao fim de 10 jogos com o porto não conseguir mais do 30 minutos de domínio de jogo, em 900 minutos, sendo o resto tudo porto... até o burro que é burro tem razão

A entrada de Aimar para a posição do lima? Para que? Para isso ficava la o lima... pq não pode o benfica jogar com 3 médios para tentar equilibrar o meio campo a seu favor? Será porque assim não tinha ninguém para as segundas bolas?

A verdade é que o burro que é burro ganha, tem o domínio do jogo, e isto tudo com um plantel bem mais curto que o inteligente..

Ponto final....mais um ano a ser enrab.... Pelo burro....

hertz disse...

O Benfica não fez o jogo que todos os adeptos gostariam, mas o Porto fez alguma coisa? Criou algum lance de perigo após aqueles 20min iniciais? Foi um jogo muito dividido, de muita luta. O Enzo saiu porque já devia estar muito desgastado e a entrada do Carlos Martins e Aimar visava por mais gente no meio campo. Não era mau pensado, agora se os dois não entraram bem no jogo isso aí já é diferente.
Artur: Não inventou nada. Vê-se bem que ele tenta passar a bola mas acerta-lhe mal e depois quando a tenta chutar para fora ela bate no Jackson e fica ali redondinha para ele. Não tentou fintar ou inventar, apenas teve azar de acertar mal na bola.
Melgarejo: Muito bem a defender mas tem de melhorar no ataque. Muitos cruzamentos para detrás da baliza. Tem de melhorar aí, claramente.
Salvio: Olha que essa do Capel também já me passou pela cabeça. Quando é que volta o Salvio de 2010/11? É que não é este decerteza.
Enzo e Matic: Fantásticos!
O JJ disse essa frase "o empate não beneficia nenhuma das equipas" quando lhe perguntaram se o Porto ficava numa posição mais vantajosa por ter empatado. Que querias que ele dissesse?
Os jogadores lutaram, mas falta sempre qualquer coisa nestes clássicos contra o Porto. Há sempre um fantasma a pairar como se o Porto fosse o bicho papão. É esta mentalidade que tem de mudar. Pensei que isso iria acontecer após aquela noite mágica com o golo do Saviola mas depois na 2ª volta no Dragão viu-se que o Benfica ainda não tinha mudado essa mentalidade. Será que falta muito para se dar esse clique?

Rearviewmirror disse...

1. Oferecemos 2 golos ao Porto. Garay falha a bola no 1º lance, Artur fez o que fez no segundo.

2. O grande Porto, que nos dominou e massacrou, fez 1 (um) remate á nossa baliza dos 15 aos 94 minutos. UM!

3. Andas a dizer mal de Jesus. Se tivesse mudado a táctica, tinha ido com medo. É o chamado ser preso por ter cão e por não ter. Treinadores de bancada somos muitos, mas o que Jesus fez de jardel, Melgarejo, Matic e Enzo (e já agora André Gomes e Almeida) é simplesmente fenomenal.

4. Empatámos. E daí? temos mais 3 pontos que o Porto, e dependemos apenas de nós para sermos campeões. O FCP tem uma defesa de quase 50M€, que tem qualidade, que mais nenhuma equipa em Portugal (e poucas na Europa) consegue pagar. Contra o resto das equipas, Ola John, Gaitan, Salvio, Nolito, vão massacrar os laterais, como sempre fizeram até aqui. E é a jogar assim que vamos ser campeões.

Força Benfica

C.A.R.T. disse...

Boa noite. Vou tentar explicar o k se passou no clássico, e como eu também o vi. Vi uma vez + o Porto marcar 1º, o k só por si transmite uma maior confiança, vi um Benfica a reagir da melhor maneira, e kdo melhor estava no jogo sofre o 1-2 num golo totalmente individual totalmente (2º jogo consecutivo) descabido, e uma vez + se reagiu em força 2-2. E eia k entrámos na 2ª parte, onde o Benfica não fez outra coisa k bombear bolas, futebol directo, feio e digno de distrital,mas fê-lo conscientemente, e passo a explicar, foi notória a pressão exercida pelo porto na 1ª parte, kdo o Benfica se dispunha a sair km a bola jogavel, situação aliás k nos custou um golo, o Benfica nunca conseguiu na realidade quebrar a 1ª linha de pressão portista e daí JJ ao intervalo ter dado ordens para jogar directo e atacar a 2ª bola de modo a se poder jogar mais em meio campo contrário, obviamente não resultou, uma vez que kdo melhor estava no jogo enzo sai para dar lugar a um martins, que é um médio de pouco recorrido que joga em 20 25 metros, e k não permitiu ao Benfica encurtar os espaços entre linhas da ekipa. O Aimar entra no jogo, mas o jogo estava tão embrulhado k nunca conseguiu ser o Aimar que se conhece, mesmo assim tirou um coelho da cartola que cardozo infelizmente desperdiçou. Nota, o porto, teve mais posse, mais controlo de jogo, mas chances de golo foram ZERO, faz 2 golos oferecidos. Por contrapartida, o Benfica k fez um jogo a meu ver, sofrivel, fez 2 golos, em duas excelentes jogadas,e teve a melhor chance de vencer o clássico. Saudações Benfiquistas e desportivas

mats disse...

Melhor crónica ao jogo que li.
Finalmente alguém que viu o mesmo jogo que eu. Só não concordo com o Enzo, para mim muito fraco hoje e sem raça nenhuma. O Benfica é uma equipa parada, sem ideias e com 2 alas (Gaitan e Salvio) sem o minimo de competitividade. Isto não é a Argentina. É para correr, andar em cima deles e picá-los. Também por isso, Ola John tem de ser titular. Aimar e Martins lançados numa atitude completamente perdida de tentar ganhar meio-campo. Não tem força nem ritmo. André Gomes não é convocado?
Quando é que entendem que os jogos contra os porcos são guerras, e que é preciso jogadores guerreiros? 11 MATICS? Que no fim dizem que o empate NUNCA é um bom resultado para o Benfica e não, como ouvi hoje benfiquistas dizerem, que 2-2 não é mau e que agora é ir lá ao dragão ganhar. Mas ganhar o quê? Lá? .. se eles em nossa casa já fazem o querem, perdem tempo, faltas, abraços em substituições, gozam e acima de tudo jogam como jogam? Calma, confiança, carisma, uma equipa. E, aí sim, o anormal do VitorPereira tem toda a razão. O Benfica nestes jogos é a equipa do pontapé para a frente.. Não. Não pode ser. Jesus é muito bom em algumas coisas mas hoje (como em Barcelona, por exemplo) teve medo de ganhar. E antes perder mas a dar tudo, do que jogar para o empate em casa...
BENFICA SEMPRE

.D10S disse...

Há uma coisa que me faz uma imensa confusão:

Só porque os corruptos não demonstraram grande apetência ofensiva (manifestamente o empate era resultado que lhes agradava) isso faz com que o Benfica tenha jogado bem, com a estratégia certa?
É que se pensarem bem, verão que a ladroagem controlou o jogo a seu bel-prazer.. o facto de os golos corruptos terem nascido e erros individuais (uma gravíssima, a do artur) não retira importância à inabilidade táctica de jesus neste jogo.

O facto de jj ter-se equivocado (à posteriori é fácil falar.. mas durante o jogo tava na cara...) não lhe retira uma imensidão de méritos na época Benfiquista..

Parece que é proíbido criticar jj, não percebo porquê!

http://benficacompaixao.blogspot.pt/2013/01/jj-repete-erros-do-passado.html

Miguel A. disse...

O Artur é isto: excelentes exibições em muitos jogos - já nos salvou em alguns, reconheço -, mas depois, noutros, falha. E muito. No penúltimo, contra o Estoril, frango. Neste, mais um - e ainda mais assado. No ano passado, na Luz e contra o Porto, pelo menos mais um. E nesse mesmo ano, contra o Sporting, fez uma asneira parecida com esta que só não deu golo porque o Elias foi nabo. Nessa altura critiquei-o num outro blogue, e caiu o Carmo e e Trindade. Mas a verdade é esta: o Artur é um guarda-redes razoável. Não é um bom guarda-redes. Claro, sempre é melhor do que o Roberto, mas precisávamos de alguém que desse muito menos frangos. Para quem, há uns meses, dizia que tinha qualidade para a selecção do Brasil...

Perdemos uma excelente oportunidade de ganharmos vantagem pontual e psicológica. Paciência. Estamos empatados e continuamos a depender de nós. Também não percebi a ausência de André Gomes e André Almeida. Martins e Aimar, neste momento, não têm ritmo. Se o André Gomes jogou em Barcelona e em Alvalade - e bem - não tinha qualidade para jogar este jogo, mesmo começando no banco?

Abraço.

Anónimo disse...

SOU só eu que acho que o ambiente na luz anda deploravel? que estarem la 30000 ou 60000 é a mesma coisa? nao se apoia a equipa para alem dos 5 min seguintes a um golo ou quando a vitoria parece certa, é triste... onde anda o inferno da luz??? os NN tem que se organizar ha muita malta ali que nao ta la a fazer nada nao cantam mais que a primeira vez, na repetiçao ja so cantam 30 vozes, o inferno nao se faz de presenças faz-se com a VOZ CARALHO

Anónimo disse...

os NN foram miseraveis. Não cantam não puxam pela equipa nem pelo resto do estádio. Se não são claque organizada, na prática nem sei bem o que isso quer dizer, se calhar está na altura de se começaram a organizar.
Um jogo destes, 60mil pessoas, e nem uma única vez cantam pelo Benfica?? só cantam a nova musiquinha foleira com ritmo de vira? 4 vezes? mas isto é o quê? na altura em que as pessoas começarem a importância da parte psicológica nestas coisas, talvez se comece a ganhar alguma coisinha... Isto é a nossa casa. E jogamos no ai-jesus com outros a dominar, com calma e cabeça, trocar a bola de primeira, e ter a posse e controlo do jogo. Depois vem pontapé para a frente.
se há coisa boa que os porcos têm é essa raça, orgulho.. Mística?!?! baseada no ódio e na filhadaputice, sem duvida, mas são eles em qualquer campo do mundo.. e nós nem na Luz somos o Benfica.. JJ com medo de arriscar..deixa andar..jogadores que não correm..q n pressionam.."no Dragão ganha-se".. claro.
No fim do jogo é o FDP do Antero 30 seg sozinho a puxar pelos porcos que vieram ver o jogo.. assim se cria uma identidade. e os NN caladinhos..
Era um excelente jogo para ganhar, dominar e Provar que somos (ou estamos) melhores do que eles. Sinceramente, depois disto, acho que não estamos... Ainda nos falta muito, muito tempo...

Anónimo disse...

Este post é completamente descabido.

O Bandido disse...

Bom post, é preciso dizer as coisas como elas são, ao resto dos anónimos que vieram criticar o post, parece que enfiaram os gelados nos próprios cús..

Shadows disse...

Quantos mais se demonstrarem satisfeitos com o empate ou o acharem normal, mais tempo demoraremos a voltar a fazer frente ao Porto.

Anónimo disse...

Maxi - horrível, uma vergonha!!!

Germano Bettencourt disse...

Normalmente concordo com 80% do que aqui se diz, mas neste post, só concordo com 20%.

Dizer que começamos a perder o jogo no minuto 58 não tem lógica nenhuma.

Ao intervalo estava 42% de posse para o Benfica e 58% para o Porto. No inicio da 2ª parte o jogo começou igual. No final da 2ª parte a posse era de 50% para cada equipa. Ora, isto é um claro sinal que as substituições mudaram o jogo, mas a nosso favor. E foi a partir daqui que tivemos as melhores oportunidades. A do Cardozo, a do Salvio que deveria ter isolado o Cardozo, o Cabeciamento do Aimar que nem era fora de jogo mas foi marcado.

Mais uma coisa que não compreendo, como é que o Benfica a jogar só a bola na frente contra um porto penalizado, o jogo acaba com a posse de bola repartida? e mais remates do Benfica e mais perigosos? Não consigo compreender.

Péssima análise ao desenrolar do jogo. Do pior que li. Mas todos temos os nossos maus momentos. Acredito que tenha sido com a cabeça a quente.

O JJ foi fraquinho, isso é veradade mas foi por jogar com 2 gajos no miolo, um deles adaptado, contra 4 do Porto, que o Defour era um ala dissimulado, jogou no centro, ou fugia sempre invariavelmente para o centro.

Abraço e melhor sorte na próxima análise.

Nuno Pinho disse...

Este post já devia estar na gaveta por uns bons meses, porque me parece um ataque ao Jorge Jesus e desgarrado daquilo que originou o empate.

RedSnapper disse...

Excelente análise. Só quem tem má memória ou contenta-se com muito pouco, é que pode dizer que os 50% posse bola no final reflectem alguma coisa do que se passou no jogo. A segunda parte foi controlada pelo Porto, apesar dos poucos lances de perigo eminente na nossa baliza e oportunidades esporadicas na de Helton. Não houve ligação, uma jogada, quem pegasse na bola. Estar contente com isto não é para mim. Foi em casa, era para ganhar, com outra atitude, raça, querer e essas coisas que se canta. Faltou do nosso lado. Tal como classe e identidade. Benfica parece que se acagaça nestes jogos contra estes gajos, e em casa!!... voltamos ao Quique do chuto pra frente, mas se os números dizem que nos últimos 20mn equilibramos a posse de bola e acabamos em empate, porreiro, pá. Esqueçamos a falta de futebol e (mais uma) oportunidade perdida. Para o ano há mais!

B Cool disse...

Meddler,
acho que reagste a quente e misturaste as coisas.
1- O Benfica entrou mais uma vez borrado e mesmo tendo capacidade de resposta imediata, o porto ficou sempre com a vantagem psicológica.
2- O martins não tem ritmo e isso viu-se e provavelmente o andré gomes tinha feito muito melhor
3- O Salvio fez um jogo a decrescer, pois no início massacrou o alex sandro e criou desequilibrios, como o que deu origem ao segundo golo
4- As entradas de 2 jogadores sem ritmo, contribuiram de qualquer forma para o Benfica ter mais posse de bola, porque se por um lado o porto mostrou-se desgastado pela pressão, também foi o Benfica que os obrigou a recuar
5- O porto praticamente não tem oportunidades no jogo e apenas aproveitou 2 falhas da defesa do Benfica, se o James estivesse em ampo provavelmente teriam mais qualidade na zona de definição e teria sido muito pior, ao passo que o Benfica além dos golos teve 2 ou 3 oportunidades

Mas a verdade é que mais uma vez a equipa voltou a mostrar nos momentos decisivos que não é capaz de se chegar à frente, não sei se faltava a liderança do Luisão, mas a verdade é que nos momentos decisivos, normalmente falhamos.

A campanha dos bácoros irá ter efeitos, resta saber quando será, mas acho que todos temos uma ideia que as próximas idas ao minho serão muito difíceis.

Ao rever o jogo na tv brasileira, o zuca indicou que faltaram 2 vermelhos - um ao moutinho e outro ao maxi, a vergonha é que os meios de comunicação nacional sejam compostos or gentalha sem espinha dorsal.

Gandhy disse...

O fcp marcou dois golos:

um de bola parada e uma oferta do Artur. De resto não criou um único lance de perigo durante todo o jogo. Não criou uma jogada com principio meio e fim, e depois um gajo lê aquilo que parece ter sido um massacre do fcp ao Benfica!!!

Ricardo disse...

A estrutura é incompetente, já o sabemos. O treinador, apesar de ter qualidade, não serve - é evidente a falta de estofo e a capacidade para adaptar as suas ideias aos jogos grandes. Mas o que me faz mesmo confusão é ler a maior parte dos comentários que aqui estão. Os benfiquistas estão serenos, tranquilos, não vêem problema nenhum. Empatar em casa contra um Porto sem o seu melhor jogador, podendo dar um passo de gigante para o título, já não é um problema. Há até um certo alívio - empatámos, pá, foi porreiro. Podíamos ter sido humilhados, claro. Como nos últimos 3 anos de Jesus no Benfica.

Pedro disse...

Não quis ser desmancha prazeres e por isso não comentei o post do JNF "Por que é que o Benfica vai ganhar ao Porto." simplesmente pq era demasiado evidente que não o íamos ganhar.

E os motivos são os do costume: Jorge Jesus e a sua táctica suicida. E mesmo assim continuam os benfiquistas cego a apoiar este catedrático que recebe 4 milhões por ano.

O que o meddler diz é 100% real. O meio campo do fcp é forte e JJ teima em dar superioridade numérica a eles naquela zona do terreno e o resultado é sempre o mesmo, incapacidade em controlar o jogo da nossa parte. Jogo após jogo, jogo após jogo os mesmos erros, a mesma táctica e o mesmo resultado. Até quando?

Forte com os fracos, fraco com os fortes. É isto JJ. Com JJ morremos sempre na praia...sempre. A ilusão que podemos lá chegar é propositada para manter os benfiquistas cego no apoio ao catedrático dos 4 milhões mas depois, na hora H, JJ falha e o Benfica fica a ver os outros a festejar e JJ a gozar os 4 milhões num qqr jantar com os seus amigos do norte.

Anónimo disse...

a merda de sempre e com as habituais ajudas das ricardettes e das mágicas... bichas de pau no cu.

Rearviewmirror disse...

Fernando sobre GAitan (http://desporto.sapo.pt/multimedia/videos_futebol/#/video?14069)

André Gomes(http://videos.sapo.pt/a24Kuzcz4N7bHlb1zv1a).

Mesmo árbitro, mesma época, jogadas iguais.
Num não marcou falta, noutro deu vermelho directo.

Ninguem fala disto?

Anónimo disse...

Que merda, dedica-te à pesca, não escreves um caralho

BENFICA GLORIOSO disse...

Conosco Quem Quiser, Contra Nós Quem Puder carrega benfica!!! https://www.facebook.com/BENFICAGLORIOSOS http://benficagloriosos.blogspot.pt/ saudaçoes benfiquistas