quinta-feira, 16 de abril de 2009

10 anos de gestão danosa (se calhar "danosa" é demasiado pesado, mas...)

Este post não se trata de uma crítica exclusiva a Luís Filipe Vieira, até porque nem todos os jogadores desta lista foram dispensados pelo actual presidente do Benfica. Como já devem ter percebido pelo tom dos meus textos aqui no blog, não sou da chamada "oposição" a Vieira. Pelo contrário. Mas também não sou dos que abanam a cabeça para cima e para baixo a dizer "Sim Sr. Vieira, tudo o que você fez é extremamente bom!".

Nessa medida, eis uma lista com 10 jogadores (um para cada posição) e um treinador dispensados ou que sairam a custo zero do Benfica nos últimos 10 anos.

GR - Robert Enke
DC - Hélder Cristóvão
DC - Alguém se lembra de mais algum?
DD - João Pereira
DE - Léo
MD - Petit
MD - Maniche
M D - Geovanni
M E - Giorgios Karagounis
MO - Nuno Assis (Deco!)
AV - João Vieira Pinto

T - José Mourinho

Dá que pensar. A avaliar pela qualidade dos jogadores na altura em que foram dispensados ou na qualidade que alguns ainda hoje apresentam, não tenho dúvidas que com este onze base e com este treinador, o Sport Lisboa e Benfica seria campeão.

Adenda: Peço desculpa pelo erro. Fui confirmar e de facto Carlos Gamarra não saiu a custo zero. Obrigado ao Éter e ao David pela correcção.

Outra adenda: Já agora, para mim, o Deco vale o que vale. Não é o jogador que a maior parte das pessoas diz ser, mas mesmo assim também poderia entrar neste onze, ou não?

20 comentários:

Éter disse...

Julgo que o Gamarra foi vendido porque o Benfica precisava urgentemente de dinheiro.

O Enke tinha o Barcelona atrás dele e sempre se recusou a renovar, tanto que perdeu o lugar para o Moreira.

A história do Maniche então é de dar vómitos. Já tinha tudo acertado com o foculporto a meio da época e chegou a ser expulso num jogo apenas 10m depois de ter entrado em campo. Querias um gajo destes no Benfica? Eu não.

O Nuno Assis, com todo o respeito, na minha opinião não é jogador para o Benfica.

Abraço

David disse...

O Gamarra não saiu a custo 0. Mas sim, alguma coisa se perdeu no meio dos outros todos...

JNF disse...

Têm razão, Gamrra não saiu a custo 0. O erro já está corrigido.

Éter,

tudo bem que Enke tinha o Barça à perna, mas o Benfica deveria ter renovado enquanto podia. E este só perdeu o lugar para Moreira porque afirmou que não queria renovar.

Assis tinha, na minha opinião, qualidade para jogar no Benfica.

Maniche deveria ter sido gerido de outra maneira. Tudo bem que o que ele fez foi nojento, mas eu também, neste post, não estou, nem irei, desculpabilizá-lo. Simplesmente deveria ter sido gerido de outra maneira.

Constantino disse...

O Joao Vieira Pinto não foi despachado pela direcção VV (Vilarinho/Vieira). Mas Se estamos numa de saidas a custo zero porque não incluir Hugo Leal e Edgar (digamos que suplentes desses 10).
Em termos de centrais pode-se incluir o Argel, não tanto pela sua qualidade, mas pelo que custou e porque saiu a meio da epoca para ser substituido pelo Andre Luis, que se revelou importantissimo na caminhada do titulo, onde so participou no desastre de penafiel.

Éter disse...

Não me lembro de nenhum central importante que tenha saído a zero...

Mas lembro-me da venda ridícula do Ricardo Rocha em Dezembro, no primeiro ano do Fernando Santos. E o homem estava em grande forma. Isso sim, foi gestão danosa! Não se mexe no 11 titular a meio da época.

Se calhar tínhamos sido campeões...

JNF disse...

Constantino,

O JVP não foi despachado por Vilarinho e Vieira, mas se vires na zona das "etiquetas" do post, também lá está "Vale e Azevedo".

Éter,

O Paulo Madeira saiu a custo zero? Se bem que na altura pouco valesse...

Velho Estilo disse...

Pierre Van Hooijdonk ?
Karel Poborsky?

JNF disse...

Velho Estilo,

Pierre Van Hooijdonk foi vendido por míseros 300 mil euros, o que significa que foi quase dado. E a lista é de jogadores dispensados ou a custo zero. Poborsky, salvo erro, foi vendido por 1,5 M €, ou pouco mais, mas mesmo assim, estes dois deveriam ter sido vendidos por bem mais.

Éter disse...

Sim, acho que o P. Madeira saiu a custo zero. Mas na altura já não jogava grande coisa. Nunca percebi porque o foram buscar outra vez ao Belém.

sigmund disse...

O Deco não pode estar nessa lista por 2 motivos:

1) Foi no tempo do Vale e Azevedo (1998/1999)

2) Ele nunca nos pertenceu. Foi emprestado ao Benfica pelo Corinthians Alagoano, que por sua vez o colocou a rodar no Alverca. No final do empréstimo, deram-nos a opçao de comprar 50% por 4 milhoes de euros. Vale nao aceitou, ele foi emprestado ao Salgueiros e em Dezembro o FCP contratou-o.


Por outro lado, o Hélder foi embora e não nos podemos arrepender. Ele estava acabado. Foi para o PSG em 2004/2005, onde praticamente nao jogou e nós... fomos campeoes com a dupla Luisao-Rocha.

Nuno Assis nem vale a pena comentar. Decerto ninguém acredita que ele tenha estofo para discutir a titularidade no Benfica.

Ou seja, sobram 8 jogadores, cuja valia pode dar lugar a profunda discussão. Desses, só considero terem sido grandes perdas Enke, Maniche, João Pinto e van Hooijdonk (este nem está na lista).

Mas, de qq forma, é uma falsa questão, que não permite qq conclusão substancial. Sao cerca de 8 jogadores que se perderam a custo zero nos últimos 10 anos. E depois? Quantos grandes clubes da Europa nao sofreram o mesmo? Não considero que este problema tenha sequer representado um prejuizo considerável para o nosso sucesso desportivo.

John Billy disse...

Não foi a custo zero, mas a troca Marchena/Zahovic foi um dos negócios mais ridículos da história do Glorioso.

JNF disse...

Sigmund,

1 - Como disse anteriormente, a gestão de Vale e Azevedo também está incluída, como podes ver pelas "etiquetas", e 98/99 foi há precisamente 10 anos.

2 - Hélder já não tinha valo, é certo, mas tinha de arranjar alguém para aquela posição :)

3 - Não achas que Karagounis, Léo e Maniche tinham qualidade suficiente (do Petit já nem falo, já discutimos isso em Julho)?

Anónimo disse...

é danosa sim senhor quantos campeonatos ganhou o lfv em 10 anos???? 1 pois é ele é manipulador e a melhor equipa dos ultimos 10 anos onde está e a melhor equipa dos ultimos 15 anos onde esta? por favor escolham outro presidente eu lancei uma maldiçao sobre o benfica no ganha nada de jeito enquanto esse falso estiver lá basta ser do signo de gemeos pra nao prestar pra nada é falso e leviano as mentiras desse c.........não tem fim tenham inteligencia escolham outro presidente ele esta agarrado ao poder e cega os vossos olhos ele quer é andar de casa em casa a comer de graça e a fazer discursos demagogos ora em dispensando bons jogadores ke temos a melhor equipa dos ultimos 10 anos??? retórica tenham juizo

JNF disse...

"eu lancei uma maldiçao sobre o benfica no ganha nada de jeito enquanto esse falso estiver lá basta ser do signo de gemeos pra nao prestar pra nada é falso e leviano"


Mestre Alves? É o senhor?

JNF disse...

John Billy,

tens toda a razão, mas é importante recordar que essa transferência teve o aval de grande parte dos benfiquistas, não só pela popularidade que Zahovic gozava mas também pela época desastrosa de Marchena.

sigmund disse...

Sim, como disse, acho que cometemos erros com Karagounis (ainda hoje tinha lugar), Léo (já no percurso descendente, é certo, mas nao temos melhor), Maniche (embora nao goste de ter jogadores do seu carácter), Enke (o melhor GR pós-Saint Michel), Van Hooijdonk (deve ter atingido o auge da carreira precisamente depois de ter deixado a Luz), João Pinto (não tínhamos melhor na altura) e até mm Poborsky (se bem que nao tenha saido a custo zero, saiu por tuta-e-meia a 6 meses do final do contrato).

Os restantes nomes, acho que nao lamento. Ainda assim, é preciso ver que sempre cometemos erros desses. Que dizer de Mostovoi, Stanic, Yuran e Kulkov, entre outros? Antes deles, Jordão, Dito, Eurico... Enfim, a lista nao acaba mais. Erros que ocorreram em épocas em que tínhamos bastante êxito desportivo. E é precisamente isso que me leva a desvalorizar esse aspecto. Acho que o buraco é mais em baixo.

Pedro Veloso disse...

Têm a certeza de que o van hooijdonk saiu por 300 mil? Se nao me falha a memória foram 3 milhoes de euros, a não ser que esteja a confundir com o valor da venda do João Tomás, no mesmo defeso, para o Bétis. E dizes bem JNF, quem não se lembra da reacção em delírio ao zahovic quando foi apresentado na Luz? Porra o Benfica no papel e do meio campo para a frente tinha uma equipa em 2001-2002...se não fosse o Duarte Gomes e a lesão do Mantorras tudo teria sido diferente

Anónimo disse...

Joao Pereira, Petit, Helder, Nuno Assis quando sairam já nao eram jogadores para o Benfica. só as saídas de geovanni, joao pinto e leo é que foram precipitadas. de resto, enke, karagounis, maniche quiseram sair!

Vasco disse...

Alcides
Pierre Van Hoojdoink

JNF disse...

Pedro Veloso e Vasco,

Van Hooijdonk saiu por 300 000 € se não me falha a memória, e João Tomás por 4 milhões de €.

O Alcides nunca foi jogador do Benfica (o Chelsea é que o colocou no PSV para jogar com Alex que iria para o Chelsea mais tarde.)