segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Uma década de... grandes flops

Nesta década também houve grandes flops, alguns deles pelo que prometeram e não jogaram, outros pelo que simplesmente não jogaram e outros ainda pelo que custaram. Somados todos os atributos, eis o top-10 da marretice e aselhice no Benfica desta década:

10 - Edcarlos, o homem que acompanhava a bola com os olhos

Edcarlos chegou ao Benfica depois de ter sido considerado como o melhor em campo na final da Taça Intercontinental que opôs o São Paulo ao Liverpool. Defesa-central, brasileiro, acabou por se revelar o melhor amigo dos avançados contrários. Acompanhava os lances com os olhos, um número sempre arriscado e que nos custou alguns golos (Leiria, por exemplo). E jamais me esquecerei do dia em que resolveu acompanhar Ytalo por uns 50 metros, lado a lado, sem fazer nada. Um craque. Hoje espalha magia no Cruzeiro.

9 - Zach Thornton, nunca se percebeu para que veio

Não se sabe quem o trouxe, ao que veio, para que veio, como veio nem como se foi embora. Sei que esteve cá, mas nunca calçou as luvas neste magnífico período em que conheceu a Europa. Sobre ele sabemos apenas que era grande, mas não era grande coisa. Nem ao pobre Bossio conseguiu tirar o lugar no banco de suplentes.

8 - Marc Zoro, a debulhadora humana

E eis que chega Marc Zoro, a debulhadora humana trazida por José Veiga a custo zero. Brilhante aquisição. Custo zero sai sempre barato, não é? Bom, excepto quando se ganha quase 100.000 € ao fim do mês. Pudera, ninguém lhe pega hoje e estamos a contar os dias para que o seu contrato acabe. Tão depressa é emprestado ao Setúbal como se fala no interesse do Marselha, PSG, Juventus ou Bayern. Só gostava de conhecer o seu agente, podia ser que até eu fizesse carreira no mundo do futebol.

7 - Emanuele Pesaresi, faltavam adjectivos para o classificar

Este é um daqueles marretas inesquecíveis. Dois tijolos nos pés e uma dificuldade grave de locomoção que faziam dó. Mas este senhor que até chegou a ser treinado em Itália por Eriksson conseguiu um feito especial no nosso clube que nenhum outro atleta conseguiu: foi expulso na estreia e na despedida. E não estou a falar do mesmo jogo, infelizmente. Com tanto talento, hoje anda pelas divisões italianas inferiores.

6 - Paulo Almeida, Mr. Platini mas com dois pés esquerdos

Chegou com pompa e circunstância para ser o médio-defensivo chave da equipa de Trapattoni rumo ao título de 2005. Contratado ainda sobre a alçada de Camacho, Mr. Platini era o capitão do Santos e constituía a esperança benfiquista em ter um meio-campo mais sólido. Mas estamos a falar de Paulo Almeida. E quando se fala de Paulo Almeida fala-se em lentidão de corrida, de processos, de tudo. Um jogador das ligas amadoras de domingo. Depois de uma época nesse mítico clube brasileiro, o União Rondonópolis, hoje está a "jogar" no Irão.

5 - Everson, quando a comissão é boa...

Outro. Mais um jogador que se sagrou campeão sem saber ler, escrever ou jogar futebol. Tinha um percurso discreto no futebol profissional mas vinha rotulado de craque com um pé esquerdo fortíssimo, um soberbo marcador de livres. Mas nunca o vi jogar à bola ou coisa parecida. Depois de sair do Benfica foi sempre a descer, passou pela Suíça, Tunísia, e divisões inferiores da Alemanha e França.

4 - Ivan Dudic, quase conseguiu ser campeão

Provavelmente todos nos lembramos daquela terrível época de 2000/2001 em que levámos uma ensaboadela de Dudic até ficarmos tontos. Mas o facto é que este sérvio esteve por cá até... 2005! Sim, a treinar com a equipa B, mas a chupar milhares de euros todos os meses. Trazia bom currículo, mas esse não joga.

3 - Alejandro Escalona, o pior defesa-esquerdo da história do Benfica

Defesa-esquerdo chileno, o pior da história encarnada, Escalona fez aquilo que os chilenos tão bem sabem fazer: abrir buracos. Sempre que jogávamos com ele, a faixa esquerda tinha via verde. Será sempre recordado pela brilhante manchete do Record que dizia que tinha um pé esquerdo como o de Roberto Carlos e também pelo 6º lugar alcançado. A juntar ao ramalhete, conseguiu ter problemas com o passaporte, numa contratação típica de Vale e Azevedo.

2 - Carlos Bossio, o nosso maior pesadelo

Quando me falam em Bossio, a primeiro coisa ue faço é dar graças por ter jogado tão poucos jogos. Chegou em 1999 para ser titular da baliza encarnada, mas as suas qualidades ficavam à vista até nos treinos. Na estreia, substituiu Preud'homme no seu jogo de despedida e... pumba, um frango monumental. Sem surpresas, Enke, jovem alemão também ele contratado nesse ano para ser o suplente de Bossio, agarra a titularidade. E depois foi vê-lo penar no banco de suplentes e fazer um ou outro jogo quando o Benfica já tinha assegurado o segundo ou terceiro lugar. Só não ganha o prémio de maior flop porque até era bastante eficiente a chamar os colegas que estavam no aquecimento para as substituições. Provavelmente a única qualidade deste moço.

1 - Javier Balboa, o homem que já jogou no Real e no Benfica

Quando daqui a uns anos perguntarem a este atleta o que fez na sua carreira, ele responderá "joguei no Real Madrid e no Benfica". E pouco mais. Quique pediu e Vieira deu 4 milhões de euros por esta nulidade futebolística. Se era bom por ser rápido mais valia estar na secção de atletismo, porque na de futebol não tem utilidade nenhuma. O próprio Quique raramente apostou nele e quando o fez chegou a substituí-lo ainda antes do intervalo. Zero, zero, zero. Não vale nada. Pagava para que saísse do clube.

P.S. O meu agradecimento especial ao Shoky, que ajudou a elaborar este post.

28 comentários:

PB disse...

JNF, eis o primeiro post do blog lateral esquerdo.

http://lateral-esquerdo.blogspot.com/2008/10/lateral-esquerdo.html

PB disse...

Do Dudic, consta que o PReud'homme encheu os bolsos... A ser verdade tudo o q se diz dele, é um caso sério de miopia... não tem quase 50 por cento da visão LOL

Constantino disse...

So 2 apontamentos:

1. bossio na estreia deu 1 ou 2 frangos? Se bem me lembro ele bisou cheio de estilo. Quanto ao facto de o Enke ter logo agarrado a titularidade isso teve tambem a ver com aquelas falcatruas vale e azevedistas que atrasaram a chegada doc erteficado (que nunca devia ter chegado). Acho que so foi inscrito em Janeiro.


2. caro JNF, tinha que haver lugar para o Rojas nesta lista. Se escalona foi o pior lateral esquerdo, Rojas acumulou como pior lateral esquerdo, direito e defesa central. Heynckes anunciou-o como o melhor stopper do futebol argentino e ele mostrou que de stops percebia bem. Estava sempre parado o argentinó-paraguaio. Juntamente com o bossio, pertence áquela estirpe de jogadores que bastava olhar para a cara deles para ver que eram nabos. Nem os pais conseguiam enganar.

JNF disse...

PB(1) e Constantino(2):

1 - O Escalona, sempre o Escalona, esse craque. Provavelmente o jogador que mais raiva me deu de ver jogar pelo Benfica. Até fazia o Diogo Luís parecer um craque.

2 - Frango e meio, vá. Mas eu estava a referir o primeiro, esse foi monumental. E as trapalhadas foi com o passaporte, é verdade. Ainda bem que as houve. Rojas também era muito mau, mas não tão mau quanto o Escalona ou mesmo Edcarlos. Acho que anda no top-15, mas não no top-10. E com ele andam o Mawete Júnior, o André, o Uribe e o Toni ou o Quim Berto ou o Nereu, Andres Diaz, por aí.

Henry14 disse...

Sempre simpatizei com o Escalona, não sei bem porquê.Foi daqueles que me enganou bem. Havia lugar para pelo menos outros 20 nessa lista, e nem incluo o Rojas (era esforçado,e via-se que dava tudo (apesar de pouco) em campo, que é o minimo que peço a um jogador do Benfica).

O Bossio também terá sempre carinho da minha parte, tinha uma estranha empatia com os adeptos :)

Cumprimentos

Constantino disse...

Com Pepas, Baioes e Mawetes tambem dava para fazer o Top 10 dos Next Big Thing saidos das nossas escolas mas que nunca passaram dos Varzins da vida.
As coisas estiveram num nivel tão mau que me lembro de um SLB - guimarães na Luz com o resultado em 0-0 e o publico a cantar "ó Toni mete o Mawete". O Mawete entrou e o jogo acabou 0-0. Foi a estreia do Moreira.

Alcibíades disse...

Houve nomes bem piores que o Balboa: André Luiz, Éder, Alex, ADU, Andres Diaz, Sepsi, Shaffer...
De qualquer forma flops no Benfica é algo que já passou à história: os anos do Souness e do Heinckes foram os piores. Desta década o que fica para a história são Simão, Zahovic, Saviola, Rui Costa, Di Maria, Jesus, Rúben Amorim, Fábio Coentrão, Cardozo, Luisão, David Luiz, Miccoli, Aimar, Katsouranis, Karagounis, Rodriguez (apesar de...), Maxi, Carlos Martins,Quim,Ramires, Reyez, Tiago, Suazo, Manuel Fernandes, Miguel...

SANTO TIRSO - Toda a Verdade disse...

Votem no Futebolista do ano no Jornal de Noticias:

Votem em Fábio Coentrão

Votem o mais possivel para ultrapassar o Falcão dos corruptos

VHugo disse...

Realmente Pesaresi e Escalona foi do pior que já cá nos calhou!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/12/negocios-estranhos.html

Pedro disse...

O q não falta são nomes para criar listas destas, infelizmente. Mas considero flops jogadores que vieram com alguma publicidade e/ou custo e não renderam. Jogadores baratos e desconhecidos dificilmente se podem considerar flops e jogadores q não jogaram menos ainda.

Escalona...não concordo nada com esta análise, nada mesmo. :)

JNF disse...

Percebo, esta é uma lista completamente subjectiva. Mas então quais seriam os vossos flops?

Anónimo disse...

escalona pior que pesaresi? nunca na vida...

moondog disse...

hôda-se..

escalona pior defesa da história encarnada quando essa mesma defesa chegou a ser encarnada pela aventesma do rojas?

hôda-se.. é, de facto, uma lista muito subjectiva...

O GLORIOSO disse...

Infelizmente há muito mais:
Rojas, Sergio Nunes, Uribe, Bruno Aguiar, Kandaurov, Rui Baião, Toy, André (lembram-se veio com o Roger), Andrade, Fernando Aguiar o Robocop, Cabral, João Manuel Pinto, Quim Berto, Porfirio, Mawete Junior (um angolano marcou 2 golos já era o novo Eusébio), Ednilson, Cristino (o tal que era fabulosa nos livres e não marcou 1), Delibasic, Karadas (apesar de ter sido util), Rui Nereu (deu-nos 1 derrota com o Vilarreal na Luz), João Coimbra (a arma do ultimo minuto do Engº), Beto (aesardo golo ao United), Marco Ferreira a grande aquisição de Veiga, Manduca outra, Marcel magnifico avançado com...golos nem sei quantos, foram tantos, Carlitos até tivemos 2 um pior que o outro, o Paulo Jorge, Manu, o Dabao, o Binya, o incrivel Sretenovic penso que é assim que se diz lembram-se, o Bergessio, etc, etc, enfim pesadelos infinitos.

JNF disse...

Lá está, é isto que torna a escolha difícil. Estes 3 casos ajudam a perceber bem a situação: o Marcel não era mau de bola, mas pelo que custou (3,5M, pouco menos que aquilo que o Miccoli custaria e não ficou cá) tem de ser um dos maiores flops; o Bynia ainda fez uns jogos, mas era mau demais para ser verdade; o Sretenovic (que ainda hoje não sei se voltou a jogar à bola) nunca calçou, mas é obviamente um flop. 3 jogadores diferentes que são todos flops mas por razões diferentes. Como ordená-los? É difícil.

vose jeiga disse...

Olhar para estes nomes até doi...só "cracks"...muitos pela comissão, outros pelo planeamento em cima do joelho.

Lembro me perfeitamente do ed carlos a correr meio campo lado a lado com o adversário e depois sofrermos golo...fdx! reality is stranger than fiction...

Manuel Oliveira disse...

Ehehehehe, que grandes craques! E o pior é que foram pagos a peso de ouro.

Toneca disse...

poderemos acrescentar o Cesar Peixoto à lista??? a única coisa que trouxe de bom p estádiod a Luz foi a Diana Chaves...

DeVante disse...

Pois, o César Peixoto porque não consta na lista? Porque está no "activo"...é que o Balboa também está e consta da lista...

O Peixoto já nos valeu várias derrotas esta época...lembro-me de Guimarães e Schalke...

JNF disse...

Peixoto? Que abuso... não é assim tão mau quanto o pintam.

Jotas disse...

Flops como em todos os clubes, eu como sou benfiquista, prefiro destacar os bons e olha que a lista é bem maior, tenta.

JNF disse...

Os melhores chegarão no dia 31. Até lá há mais posts sobre a década.

Anónimo disse...

Deixem-me dizer uma coisa..o que eu me ri!É triste eu sei, e pouco próprio. Já nem me lembrava do Mawete. E eu que entrava em doido a perguntar-me que caral** vai este homem fazer a entrar a 5min do fim? Mas rojas, escalona, sabry, Binnya OMG, everson e tantos outros. É demasiado.

Mas não vim comentar para aumentar a lista. Venho tentar dar outro ponto de vista. A cambada do norte tambem teve na equipa autenticas perolas que hoje em dia nem jogariam no Sporting (vejam só a qualidade). Isto serve para dizer que primeiro, a qualidade dos jogadores tem vindo a melhorar um pouco tanto para nós como para a malta do norte neste período. E segundo, e talvez mais importante, já olharam para a nossa estrutura no periodo onde se encaixam os maiores flops? É que eles eram maus, sim. Mas numa equipa em condiçoes (e nunca todos juntos :) )seriam certamente um bocadinho melhores. Ok, talvez a maior parte deles não, mas a verdade é que o clube durante todo esse tempo andou no lamaçal e que isso se reflectia nos jogadores que havia.
Outro ponto, o dinheiro que se gastou nesses jogadores investido em portugueses seria outra história. (se bem que um clube português ao nos vender algo inflaciona o respectivo passe nuns 40 ou 50% mas enfim..)

Posto tudo isto, prefiro recordar os grandes nomes que tivemos/temos. Miccoli, a minha maior tristeza por não continuar connosco, que jogador.

Um último comentário a propósito do João Coimbra. Segundo me lembro e me foi contado, o João Coimbra enquanto mais novo era e foi titular das selecções jovens estando na sua posição no banco durante muito tempo o João Moutinho.(ambos titulares nos respectivos juniores e juvenis nas respectivas equipas)
A diferença processou-se no salto para séniores, Moutinho tem jogos, acompanhamento, estrutura (ou lá o que for, e isso até pode incluir mais talento. Mas se o Coimbra até então merecia o lugar, a curva de evolução de ambos não seria tão desigual)e o Coimbra não tem, não teve, e o seu desenvolvimento enquanto jogador terminou.

Espero que David Simão, Leandro Pimenta, Neson Oliveira e tantos outros não sejam mais nomes a engrossar a lista à lá Benfica.

Mais, qualquer puto novo, podendo vai para o Sporting. As probabilidades de ter sucesso lá são bem maiores que no Benfica, quer-me parecer. Portanto se o gajo for bom e está no Benfica (podendo ter estado no Sporting) é porque sente o Benfica. Não será melhor ter um destes de 19 anos a fazer cagadas no estádio e a aprender do que andar a dar tempo a Eversons, Rojas e Escalonas porque têm de se adaptar e custaram no minimo uns 2milhoes?

abraços DMC

Anónimo disse...

alguem me apague o excesso de posts :)
DMC

Shoky disse...

Como me pude esquecer de Edcarlos? ;D
Para mim...simplesmente o nº1...

Pior jogador que alguma vez vi na vida.

Excelente trabalho JNF.

Olho Gordo disse...

Devo protestar: Abdelkrim El Hadrioui FOI e SEMPRE SERÁ o pior lateral esquerdo que alguma vez jogou pelo SLB.

JNF disse...

Obrigado Shoky (só hoje é que vi... hehe).

Olho Gordo, o Hadrioui já não jogou nesta década, felizmente.

Olho Gordo disse...

JNF, fiz meramente um reparo à tua análise sobre o Escalona, em que o designas como "... o pior da história encarnada". Errado! O pior foi El Hadrioui, o homem da cartolina vermelha. Isto, na minha singela opinião, claro.